segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Consolação...

Já é quase Natal, era pra eu ter postado bem antes, mas a preguiça me impediu...

Meio q perdeu o clima do texto, até pq o clima agora é bem outro, estou numa fase tensa, bom, mas pelo menos, alguma coisa ainda sobra, o clima de reflexão do Natal, talvez a única coisa q se mantenha no clima do texto...

O texto abaixo foi escrito no dia 11 de dezembro.


Postadu na terça feira

De “folga” hj, resolvi dar uma passeada no Centro, pra q pudesse ganhar passagem para ir ver minha namo, e então peguei um bus q ia ali pela Consolação... Busólogo do jeito q eu sou, keria pegar um q tivesse akele tal motor eletrônico q foi o primeiro do Brasil, ele está entrando em extinção no Brasil, já está velho, e em SP ainda há alguns últimos sobreviventes, principalmente na Zona Oeste.

E aí qd passei na Consolação me veio a lembrança da primeira vez q vim pra SP. Foi justamente lá. Há mts anos atrás, foi a primeira avenida q andei em SP. Fiz akele caminho q todo mundo faz qd chega aki. Só lembro vagamente q cheguei nas redondezas da Pç da República e avenidas Ipiranga e São João. Peguei um bus q entrou na Consolação, seguiu pela Rebouças e saiu lá na Faria Lima. Eu havia ido no Iguatemi. Claro, o Iguatemi é o maior shopping de POA, e eu keria ver como era o daki, pq era o único q conhecia rsrsrs, e me assustei pq era totalmente diferente, menor e cheio de executivos, um shopping mais de negócios do q de lazer, coisa q eu nunk tinha visto. Aí voltei pelo mesmo trajeto. Naquela época, os bus eram mais velhos, o trânsito um pouco menor para os carros, mas pior para os bus, pq não havia corredor. Não tinha noção de q a Faria Lima e a Rebouças eram ruas importantíssimas em SP, nem fiz a relação com os nomes do Banco Imobiliário, e passei por akelas imensas ruas do Centro como se fossem meras ruas comuns. O q mais me marcou, além dos prédios altos, era o canteiro no meio. Hj, qd passei por lá, o canteiro me chamou a atenção, foi a primeira coisa q me marcou qd chegou em SP nakele trajeto, é um canteiro bastante denso, q percorre o trajeto do início ao fim, com a mesma altura. Uma chama verde em meio a uma selva de concreto, e impressionante como aquilo eh marcante.

Curioso foi lembrar q na época, foi a sensação de descobrir uma civilização grande longe de POA, pq na vida inteira me acostumei q, ao sair de POA, tinha q ver sempre algo menor, com pessoas com mentalidades de lugares pequenos, considerando akela imensa área em torno d POA q se vew dominada, justamente por não ter nada maior, q vai desde todo o interior do RS, passando pelo estado de SC, ateh parte do PR e países vizinhos. E na Consolação, foi a primeira vez q tive a sensação de estar numa avenida normal, movimentada, dentro de um centro urbano maior, e q não era POA. Finalmente, tinha descoberto, e estava em SP.

Curioso mais ainda eh q hj, apesar da Consolação e região ser uma dos lugares mais importantes de SP, é um lugar praticamente esquecido pelo povo, povo mesmo, q normalmente passa pelas regiões periféricas do Centro, a exceção do Centro mesmo (Sé e República)

Um comentário:

Anônimo disse...

OI!!!! Alê!!!!!

nossa aí em sp deve ser uma cidade muito bonita...
mas vc não sente saudade aqui de Poa??????

eu tava fuçando o seu orkut.
e vi que vc está solteiro....
que pena que vc esta tão longe
pq se estivesse aqui em Poa
eu iria te dar uns bjus
heheheheh

claro se vc quisesse né????
não diz que ningém lê seu blog
pq eu sempre leio....

te adorooo.....
bjus
se cuida...