sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Dezembro

Era pra eu ter postado a mt tmpo, mas eu não tenho vontade de postar. Meio q enchi o saco de blog, até pq ngm mais lê blogs e td mundo hj em dia tah no Orkut. Triste mesmo eh o meu Orkut, q continua vazio rsssss acho q ele num tem solução...rsss e pior eh q não sei mais o q fazer nele... As minhas comunidades começaram a encher automaticamente, ainda bem, pq cansei mesmo de fazer propaganda, eu fazia propaganda aliando as informações contidas nos perfis para as minhas comunidades, assim eu conseguia achar graça. E nas comus de gordinhas eu fazia propaganda pq eu aproveitava e fuçava os perfis rssssss coisa q agora não tnho vontade de fazer pq tow namorando de novo.

Se acumularam tantos assuntos pra falar, eu deveria ter postado antes, mas não tava com vontade, não conseguia mesmo, e agora eskeci td q ia falar e ateh sobre td q tinha q falar, então vou falar resumidamente do q eu lembro.

Campeonato Brasileiro. Aconteceu td q eu tinha falado, o Palmeiras se fudeu e o Cruzeiro conseguiu se classificar. Eu acertei certinhu, soh q achava q ia dar empate, nossa o Palmeiras perder em casa eh foda, como pode, não merecia ir pra Libertadores mesmo. O Inter perdeu para o Goiás de propósito, como td mundo já sabia, decretando o rebaixamento do Corinthians, foi o típico fato do “aki se faz, aki se paga”. O Grêmio ia ganhar do Corinthians, até o Cruzeiro começar a vencer o América, daí sim, os kras passaram a não jogar nada e o jogo ficou uma bosta, uma bosta mesmo, uma bosta completa, dava ateh dó de ver akele jogo.. mas, acabou empatado, e o Grêmio terminou de uma forma meio melancólica e o Corinthians se fudeu.

Camila. Estou namorando com ela de novo, mas apesar de estar bem com ela tb estou mal com ela, ou seja a impressão q dah eh q td q eu kero ter com ela está bem, ao mesmo tmpo q coisas q necessito estão mal, q incrível, não? Rs.... q saco.

Blog. Não sinto mais vontade de postar mesmo. Ultimamente soh conseguia falar de relacionamentos e agora q estou namorando soh tenho da Camila pra falar e sinceramente nem tow a fim de falar. Hum, eu poderia falar de outras coisas tb, como algumas gurias q aparecem ainda tentando falar cmg mas nem keru nada com elas e ontem acho q dispensei a ultima, assim não fica nenhum clima estranho.

Tropa de Elite. Vi o filme, achei bom, mas no fim ficou akele gostinho de “Era só isso?”. Pareceu um filme meio pekeno de tanto q se falou, mas a idéia e o espírito dele são legais, apesar de eu achar q algumas coisas foram mostradas deturpadamente ou de forma injusta. No geral, a idéia do filme se mostrou imparcial, não kerendo dar uma idéia da favela, como “vamos matar, traficar, q eh o certo”, nem kerendo dar uma idéia da elite, do tipow “Ah, eu faço o q eu kero, e tow certo pq tenho grana”. Foram mostradas críticas corretas do tráfico estar errado por se estabelecer e da elite q o financia, sendo a maior responsável por akilo, tb críticas a polícia q aceita se corromper, a sociedade q se isenta, ao governo q não serve pra nada, enfim eh o Brasil.
Fica difícil de eu analisar friamente o filme pq a realidade das favelas, principalmente cariocas, parece fortemente relacionadas com o tráfico, enqt as vilas de POA havia sim uma dominação de pessoas e lugares pelo tráfico, mas isso se confundia com outras kestões, como educação, cultura do povo, problemas familiares e de doenças, outros crimes e principalemente roubo, q lá soava uma coisa tão normal e infiltrada nas pessoas, principalmente pobres, tanto q POA virou líder em roubo e furtos d carros, acima de RIO e SP, fora akeles assaltos a megas lojas, como joalherias caras etc, parecia q akilo sempre soou meio junto com o tráfico. Já no Rio, parece q eh soh o trafico q impera e q se akilo não existisse, a violência iria acabar. Aki no Rio-SP parece uma solução mais fácil, pq a natureza do povo não é violento, as pessoas são jogadas pelo sistema, em vez de nascer com ele.
Isso me lembrou alguns baile funks q fui aki em SP, estavam lotados e não havia praticamente seguranças, e não acontecia nada, ngm brigava nem se matava lah dentro, enqt em POA pra lugares pekenos tinham 10, 12 seguranças e mesmo assim aconteciam brigas sendo q se não houvesse segurança se estabelecia o caus total.

Genética. Minha mãe veio com um papo de q o povo gaúcho era o mais europeu e q aki em SP existia forte concentração de indígena nos genes das pessoas, ela tinha lido isto na net. Eu só ri, pq tinha ctz de q no RS eh soh olhar pras pessoas q dá pra ver como lá tem uma descendência mt forte dos índios, dah pra ver pela cor, cabelos, nomes, bairros e etc das pessoas e lugares... Aí tah aí a minha constatação:

”Documentário resgata os Minuanos
Se as pesquisas sobre o genoma dos gaúchos revelam que cerca de 50% do DNA das famílias do pampa são da etnia Minuano/Charrua, o abandono dos sítios arqueológicos e o descaso com as pesquisas históricas demonstram que os descendentes dessas tribos, hoje boa parte não só da população do Rio Grande do Sul, mas do Brasil colonizado por este povo, insistem em esquecer essa origem indígena.
O documentário “Os Minuanos”, que o jornalista e escritor gaúcho radicado em São Paulo Delmar Marques estréia no próximo sábado, dia 13, as 13h30, no Centro Cultural Santander, como parte da programação da Feira do Livro de Porto Alegre, procura promover a memória dessa parcela desprezada do passado dos gaúchos que, permanece, porém, no sangue de muitos dos atuais habitantes do país.
Resultado de sua peregrinação, liderando um grupo de jornalistas, arqueólogos e historiadores brasileiros e uruguaios, aos cerritos de Santa Vitória do Palmar e Chuí, realizada em julho último, quando foi registrada a destruição desses importantes sítios arqueológicos dos Minuanos, o documentário conta com importantes depoimentos de acadêmicos e pesquisadores que, a duras penas, não deixam esquecer que a formação do povo gaúcho e, conseqüentemente, do brasileiro, conta também com importante participação indígena. Gravado em DVD Digital, essa produção de 28,7 minutos de duração deverá ser distribuída, futuramente, na rede escolar, além de participar de outros eventos como feiras e mostras de cinema.
Às 15 horas, Marques autografará seu último livro “Os Minuanos – O Resgate das Índias Sagradas” (Editora Paralelo 30, 316 páginas), na feira, um romance em que utiliza dados de suas pesquisas históricas, antropológicas e arqueológicas realizadas no Brasil, Uruguai, Argentina, Espanha e Portugal para reconstruir o ambiente em que os Minuanos viviam no Extremo Sul do Rio Grande. “A tribo matricial e xamânica, as viejas brujas é que a comandavam, através de seus conselhos, foi dizimada pelos colonizadores machistas e patriarcais que as viam como obstinadas opositoras, por defenderem os princípios do feminino, do modelo social que traziam da Europa medieval”, afirma o autor.
Do último massacre, em 1831, quando mais de 200 guerreiros foram degolados em Salsipuedes, no Uruguai, sobraram menos de 30 índios que desapareceram em meio as tropas farroupilhas, lutando pela independência do Rio Grande. Suas mulheres índias foram leiloadas entre os fazendeiros, dando início a grande maioria das mais tradicionais famílias da fronteira gaúcha.
Muito da cultura dos Minuanos foi absorvida pelos gaúchos, desde as contribuições para a medicina com suas ervas, ungüentos e poções, as boleadeiras (foto) – sendo que algumas encontradas nos sítios arqueológicos têm datação superior a quatro mil anos – e as indumentárias de couro, os assados no espeto e, principalmente, a hospitalidade de comunidades que cultuavam a generosidade e a paz. “As índias, senhoras da vida e da morte, eram temidas pelas demais tribos que não invadiam seu território, uma faixa litorânea que se estendia do Camaquã até as proximidades de Montevidéu”, afirma Marques. Suas benzeduras e passes, alguns métodos curadores, como o lenço com cinzas quentes em volta do pescoço para os males da garganta, ainda sobrevivem, segundo o autor, nas práticas de curandeiras do pampa.”


Link: http://www.jornalja.com.br/especial_detalhe.php?id=160&cat=6

Tah aí, pior q ateh eu entro nessa estatística aí...rs

Suplex. Ainda não tenho ctz se suplex eh chamado de “calça bailarina” em SP, ou se de fato não existe isso aki. Enqt isso, vou achando curiosidades por ai. Achei um kra q fez um perfil no Orkut soh pra falar de gurias q usam suplex, como pode? Rs Olha aí a descrição:

”Aqui no Rio Grande do Sul de uns anos pra cá as gurias com idade em média entre10 e 25 anos começaram a usar roupas de um tecido chamado SUPLEX, é um tecido fantástico, marca o corpo perfeitamente, muito melhor por exemplo que a conhecida lycra. Alguns dizem inclusive que o suplex faz milagre.É interessante que olhando o orkut das gurias de outros estados, é dificil encontrar fotos delas usando esse tipo de tecido, normalmente elas usam calça jeans, lycra, mini saia, etc. O fênomeno suplex é particularmente aqui do sul, algumas de Santa Catarina até usam, porém em quantidade, nem se compara com o Rio grande.Inicialmente as gatinhas começaram a usar as calças de suplex do tipo boca de sino, algumas continuam usando hoje-em-dia, mas agora a que é mais usada é a Leg de suplex. Outra invensão fantástica, pois as gurias usam com sandália ou tamanco realçando ainda mais o corpo. Um detalhe interessante é o fato da calça de suplex permitir que se enxergue o tamanho da calcinha que a menina está usando (a não ser aquelas que usam só um fio) independente se a cor da calça é preta, vermelha, azul marinho, sempre da pra ver a calcinha, pelo fato do tecido ficar bem justo ao corpo. Nos shoppings de Porto Alegre é comum ver as gatinhas vestidas assim principalmente nos finais de semana. Calça de suplex puxada beeeeeemmm pra cima: esse tecido perfeito, comparado com o jeans é muito mais macio ou maleável, sendo assim algumas gatinhas pra marcar ainda mais o corpo começaram a puxar a calça beeeeemmm pra cima, fazendo com que a calça ''entre'' no bumbum (em algumas entra até na frente) deixando com um visual espetacular.Então só nos resta agradecer ao inventor desse tecido sem igual e aproveitar as gatinhas safadinhas que desfilam por aí usando as maravilhosas calças de suplex”

Eu heim, rs... Tem cada uma.... Pow eu keria ver a Camila de suplex, mas parece q isso soh em sonho =( rssssssssss


Ah, antes de ir ao ar, soh mais uma coisa. Os últimos comentários pareciam ter sido deixados pela mesma epssoa uhasduashduasdhuas... serah? rs Ou seriam 2 pessoas? Bom, tanto faz, mas eu gostei deles hehehhe

Um comentário:

gatinha disse...

Oi Alexandre!!!!!!

desculpa eu comentar aqui no teu blog como anônimo...
mas é por que não to afim ainda de eu me identificar...

mas vc já deve saber quem eu sou!!!!rrrsssss

estou me preservando....

achei interessante saber que aí em SP as gurias não usam calça suplex...
aqui no sul isso é um vírus.rrrrsss

tu andas muito preguiçoso hein??
demora muito pra postar.
eu gosto de ler teu blog acho ele tri legal e gosto do jeito que tu se expressa.

conte mais como vc anda aí em SP
como são as coisas por aí...
se são muito diferentes aqui de Poa

apesar de vc estar namorando
eu te adoro muito....e estou feliz que vc encontrou alguém que te faça bem.

bjinhus vou postar sempre por aqui tá?????
bj,bj,bj,