quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Persistência

Esse dias estava fuçando sobre personagens marcantes na historia porto-alegrense... e me deparei com um depoimento q me lembrou muitos momentos em q eu fikei buscando forças para ir adiante..

“Flávio Alcaraz Gomes - Tempestuosa.. Difícil, às vezes. Sempre cheio de esperança. Nunca desistir. Gostaria de dar meu exemplo para vocês, quando quiserem desistir. Eu tive uma fatalidade na vida. Cometi um homicídio, fui preso e condenado a dez anos de cadeia. Fui para o fundo do cárcere. E ali eu sobrevivi escrevendo. Um belo dia estou na minha sala batendo máquina, ouço um berreiro horrível. Era um preso sendo torturado. Eu larguei minha máquina de escrever, peguei o meu gravador e saí voando para lá e gravei tudo. Despachei de contrabando a gravação. A rádio Gaúcha botou no ar. Teve uma repercussão mundial. Foi notícia de capa em jornais da França, da Inglaterra, do mundo árabe, dos Estados Unidos. Mandaram uma repórter do Estados Unidos me entrevistar. Ganhei prêmio de reportagem, preso. Consegui transformar um limão em limonada. Paguei minha dívida com a sociedade e não me entreguei. Essa é a mensagem. Por pior que possa parecer a situação para vocês não se entreguem nunca. E a arma é o teu intelecto. É a tua crença em ti mesmo. Este depoimento faço questão de prestar para vocês.”
Link: Entrevista à Famecos



Há momentos na minha vida mt semelhantes...

Nenhum comentário: