terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

O Teste dos Marshmallows

A Cresce Bing é uma espécie de jardim infantil de pesquisa para a Universidade de elite de Stanford, em São Francisco. O teste do marshmallow foi inventado aqui, no início da década de 1970, e ainda é um dos estudos mais importantes sobre autocontrole e motivação.
Recriamos o teste, com crianças atuais. Pusemos crianças de 4 anos numa situação complicada.

Em seguida, veja o diálogo feito com as crianças antes de iniciar o teste:

“Nesta parte do jogo, teremos 2 pratos. 2 marshmallows em um prato. 1 marshmallow em outro prato. O que vai acontecer é que preciso fazer algo, lá fora. Mas, vc pode sempre me chamar ao tocar a campainha. Mas, se vc fizer isso, só pode comer 1 marshmallow. Se esperar que eu volte por mim, vc pode comer 2 marshmallows. Não há uma forma certa ou errada de fazer isso. Escolhe o q preferir, está bem? Até logo.”

Tal como no teste original, algo na mente das crianças passa para o automático. Cada uma das crianças desenvolve a sua estratégia inconsciente para resistir a tentação.

Nos anos 70, os cientistas não faziam idéia do que levava algumas crianças a desistir e outras a resistir. Mas é um truque surpreendentemente simples da nossa mente inconsciente.


A concessão da força de vontade como algo estóico, em que se morde o lábio se deseja e se faz acontecer, é uma forma excelente de ter resoluções que não resultam. É demasiado difícil, impossiível. Tem de se fazer, de certo modo, temos de interagir com o ambiente e muda-lo, transforma-lo. A única coisa que podemos fazer é alterar as nossas percepções, mudar o foco da nossa atenção, diz Walter Mischel, criador do “teste marshmallow”.

Atualmente, as crianças testadas nos anos 70 têm mais de 40 anos. A partir de entrevistas posteriores, os investigadores descobriram que as que conseguiram esperar, aos 4 anos, obtiveram melhores resultados em exames de admissão de faculdade, ganham muito mais dinheiro, têm casamentos mais felizes e são mais saudáveis do que as que devoraram logo o marshmallow.



Texto exportado por mim, da legenda do documentário “O Cérebro Inconsciente”

12:40 aos 18 min.

Nenhum comentário: