terça-feira, 9 de julho de 2013

As Tentativas das Mudanças...

Eu tava pensando.. uma dessas milhões de coisas q eu venho pensando....

Nas piores fases da vida... eh q a gente acaba tomando uma posição diferente em relação as coisas.. se começa do zero... faz mudanças... cria um novo ponto de partida.. passa a fazer as coisas diferente.... Eh assim como todo mundo, isso eh do ser humano... enfim...

Eu não sou diferente não... eu sou mt turrão, mas na minha vida eu já passei por mudanças mtas vezes... Já tive mts altos e baixos... Nos piores momentos eu mudei e comecei do zero mtas vezes... eu não consigo aguentar coisas ruins sem me opor a elas... Eu mudo mesmo, já fiz de td, não tenho problema com isso...

Eu já passei por diversas épocas mt ruins.... e já tentei de diversas formas passar por cima delas....

Passando por uma fase dificil.... a minha vontade maior eh de agir e agir cada vez mais, múltiplas tentativas, milhões delas, diversificadas ateh q alguma coisa funcione, de algum resultado.... eu não consigo ver a aceitação, a acomodação como uma coisa q possa dar resultado....

Mas isso não eh soh pq eu sou turrão... Em epocas ruins, eu já mudei de varias formas.. e teve varias vezes q eu aceitei tentar a acomodação..como outras pessoas.... tentei levar a fase calmamente, buscando aceitar as coisas como elas eram e ir levando, confiante de q essa segurança e estabilização fosse uma sustentação q fizesse as coisas melhorarem...

Porem... ser mais “irado”, “insano” eh uma coisa mais .. de mim mesmo... mas, não eh apenas isso..... A questão eh q em todas as vezes q eu lutei na busca incessante pelo acerto, sempre tive mais resultado do q nas vezes q busquei a calmaria e acomodação.....

Não eh apenas uma escolha por capacidade pessoal... Eh uma coisa q aconteceu na minha vida.... E foram varias vezes... em varios momentos..... Varias vezes eu tentei ouvir conselhos de pessoas “calmas”, segui a “cartilha dos psicólogos” a risca.... já tenter ser calmo, certinho, bom mocinho, focar em mim e não incomodar as pessoas, me aproximando delas apenas por situações cotidianas convencionais....

Mas, sempre nas vezes em q voltei ao esquema de “tentar, errar; tentar, errar; tentar ate acertar”.... sempre.. sempre deu resultados melhores.... Eh portanto mais do q característica pessoal.. eh uma questão ateh mesmo técnica na minha vida.... Eu fui tendo experiências q me levaram mais pra esse lado.... Eu só consigo ver a saída nisso...

Hj em dia.. em épocas de pensamento conservador exacerbado, tenho ouvido mt esses tipos de conselhos (não exatamente para mim, mas leio sobre problemas de outras pessoas...) ... “pare de se preocupar com os problemas.... esqueça, estude, trabalhe, cuide da sua saúde e siga em frente, q eh assim q vai melhorar”.... ou o famoso conselho de relacionamento “não fique dando bola pra todas as mulheres, esqueça as aventuras, seja mais tradicional, defina uma única q seja a perfeita e se concentre nela”..... 2 pensamentos classicos do conservadorismo......

Um outro conceito, q vem da “cartilha dos psicólogos” eh a aceitação da vida... ou seja.. se vc não consegue algo q eh mt difícil...então vc aceita essa situação e passa a conviver com ela, exigindo-se ser feliz e plenamente satisfeito com isso, em vez de gastar energias demasiadas lutando pelas melhoras...

Eh mt difícil pra mim tentar essas alternativas de acomodação.... Por todos esses fatores q falei, eu sempre preciso dessa “chama interior”... Eu sempre preciso não apenas focar em mim, mas enxergar as outras pessoas... Eh o sentimento de furor, de inquietação ao ver as outras pessoas.. q me força a lutar.... Não eh simplesmente "eu vou cuidar da minha saúde” ou “eu vou focar em mim e fortalecer as minhas habilidades”.... a acomodação sem poder lutar me deixa sem saúde.. me deixa sem habilidades... eh mais prioritário pra mim.. Eu olho o dia de amanha como sendo o ultimo da minha vida... e q eu preciso fazer sempre as coisas logo....Eu preciso enxergar as pessoas.....

Não apenas pq eu acho bonitinho... mas pq minha fisiologia me tortura por isso...pq minhas experiências me fazem lembrar disso.... minha memória me corroi todos os dias lembrando de coisas q eu já fiz e hj em dia chega ao ponto de parecer q nem era mais eu.....

A acomodação me faz entrar em tristeza profunda, eh como se me isolassem dentro de uma bolha, uma confinação sanatória... Uma sentença de prisão perpetua... Eu já me senti assim antes... Um beco sem saida....

Eu olho exemplo de outros homens... e vejo q os q seguem a cartilha da acomodação tem conquistas piores do q os q arriscam.... Mts não ter na vida inteira a quantidade de conquistas q eu tive em 5 anos, mais ou menos.. Eu tenho ctz disso... Eu devo olhar pra mim? Pra o meu exemplo? E seguir o conselho do meu “eu” para mim mesmo?

Ou o mundo mudou?

Eu tento tudo..... No ultimo ano, tentei começar do zero varias vezes.. Tentar a alternativa acomodada eh mt dificil pra mim.... Eh mt, mt difícil.... Pra todos os lados onde eu olho eu vejo ela com pavor...


Ultimamente eu tenho me lembrado mt de uma fase da minha vida qd eu tinha 13, 14 anos... eu tava em uma fase mt ruim mesmo, eu tava caminhando para a pior fase da minha vida e eu sabia disso.. eu via um beco sem saída as possibilidades de sair dele eram cada vez menores....

Eu lembro q a sensação mais deprimente q eu sentia nakele momento não era a dor da tristeza presencial, mas a iminência da minha vida piorar ate uma maneira sem volta... eu tava enxergando o fim de uma fase em q não era possível recomeçar, era uma sentença clara de morte q eu sentia todos os dias...

Eu passei por outras fases bem ruins.. algumas com dores mais tristes inclusive.... Mas, nenhuma se comparou a essa na sensação de desmotivação e melancolia sem fim... Depois de mts anos, nesse ano eu voltei a sentir a mesma sensação... Eh como se o tempo passasse mais depressa, e qt mais vc ker q ele se acalme, mais rápido ele fica e td q vc vai tendo vai se perdendo pelos ares, como se vc estivesse em uma sala fechada com o oxigênio acabando... vc faz td pra recuperar, mais qt mais energia vc gasta tentando resolver, mais oxigênio vc usa... e a morte dakilo q vc tem chega mais e mais rápido...

Eu me lembro dessa fase..... Eu me sinto numa exatamente igual..... Afinal, onde eu estou?

Eu não sei o q fazer... eu to seguindo o meu instinto.. seguindo o acaso....

O mundo mudou?

Qt tempo eu tenho ainda?

O meu lado “conquistador” ainda pode me acompanhar?

A inquietude me mostra q esta doente.... e a acomodação me da pavor....

Nenhum comentário: