quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Perdi a Graça de Viver...

Essa é a mais pura realidade... Eu me toquei que não acho mais graça nem em postar no blog. Td bem q faz séculos q não aparecem pessoas por aqui. Ainda que o contador registra alguns acessos e alguns deles fiquem até dezenas de minutos fuçando (sei la quem são)... De vez em qd alguém comenta, geralmente positivamente em relação a algum post... Mas, enfim, eu já tive épocas em passados distantes q ngm lia tb e eu escrevia mesmo assim.. E qd as visitas eram 0 eu dava um jeito de divulgar, só pra saber o q iriam comentar sobre as minhas opiniões e angustias...

Eu olho pra isso aqui.. e escrevo sem vontade... eh quase q um dever do oficio.... Eu cada vez mais vejo o mundo como a famosa Teoria dos Jogos... Eh td sempre igual.. As pessoas são sempre iguais.. As situações são sempre previsíveis... Nada mais acontece q possa me surpreender e o mundo parece uma simples equação matemática complexa, porém previsível...

Eu não sinto mais tanta vontade de demonstrar minhas opiniões sobre diversos assuntos.. simplesmente pq eu jah sei qual vão ser as respostas, em apoio ou repudio a essas opiniões... e tb sei q as pessoas nunca se importam com opiniões, apenas fazem campanha qd às favorece, ou arranjam desculpas para censura-las qd as prejudica. O mundo é um universo onde a escassez de opiniões livres é a regra. As pessoas mais comuns apenas passam a vida toda endossando ou refutando os seus próprios anseios, de acordo com o que conseguem ganhar.

É como se td fosse um grande teatro. Nossas opiniões são apenas peças no tabuleiro dos anseios e confrontos de cada um.


Bom, sobre a minha vida. Mais uma vez não há mt o q falar. As 2 garotas q eu fiquei neste ano foram exceções. Exceções mesmo. Ainda q eu esteja razoavelmente na ativa em alguns lugares. Na net eu não estou mais, faz mais de 1 ano q não fico com uma garota que conheci na internet. Toda essa situação já é irreversível.
Na minha vida profissional, minha situação é uma incógnita. Eu estou trabalhando num emprego provisório pra conseguir voltar a fazer faculdade. A minha facul está trancada no momento, mas oficialmente eu ainda sou estudante. Independente de td q aconteça, a única coisa q vejo daqui pra frente é retomar os meus estudos e me formar. É para isso q eu vivo, pra isso q eu nasci, e eu vou lutar por isso até o fim. Eu não nasci pra viver uma vida de peão e só uma vida confortável é o horizonte q eu almejo.

Um comentário:

Ricardo Campos disse...

Comentários removidos devido ao autor não aceitar manifestação em sua rede social

http://i.imgur.com/is2RJIw.png